segunda-feira, 17 de maio de 2010

e agora, que jogamos tudo fora ?



Hey bloggers! Estive ausente esses dias porque estava numa viagem da escola para São Paulo, mas agora i'm back. Trouxe aqui um textinho cheio de significado pra mim, que acho que ficou meio estranho, mas é basicamente uma descrição para o que me domina no momento, infelizmente.


E agora ? A conflituosidade tomou conta, o masoquismo já passou de um mero ato de tortura, os sentimentos vão rasgando sem dó nem piedade. E agora, que todos as ações foram misturadas, não formavam uma conexão, mas cada gesto ficou guardadinho na minha memória, pronto para ser lembrado e relembrado a qualquer momento. Amanhã tudo pode voltar ao normal, ou não, independente de algo ou alguém, nesses dias alguma coisa se alterou em mim, em você e no ar que respiramos, isso eu sei. Escrever de sentimentos fica mais difícil a cada vez que me obrigo a expressá-los, um reflexo da nossa situação, ou melhor da sua, que é sempre dúbia e vai mudando de rumo. Você me bloqueou e nesse momento vi que o controle do desbloqueio está nas suas mãos, uma atitude egoísta, como sempre. Quero andar por aí, resgatar meus pensamentos felizes do ano que passou, resgatar a alegria instintiva que reinava em mim, é assim que deveria ser, é assim que eu quero que seja, e de alguma forma, eu vou tentar achar meu eu autruísta, só para sorrir, só para entender, só para te surpreender.


Primeira vez que escrevo um texto tão pessoal em relação à pessoa que falo aí, bem difícil pra mim até reconhecer que estou escrevendo sobre ele. Espero que a compreensão chegue em vocês, leitores.
Beijon

Um comentário:

  1. acho q isso ainda vai dar muita jistória pra contar...

    ResponderExcluir