domingo, 8 de agosto de 2010

terça-feira, 27 de julho de 2010

quinze dias


Férias. Uma semana pra elas acabarem. E ao estalar de 2 de agosto apenas me restarão lembranças gostosas de raras tardes ensolaradas e risonhas, cheias de fotos, novidades, ansiedades; noites de internet e chocolate, conversas, querências. 
Vontades que serão transferidas para as próximas férias, impossíveis de serem realizadas nas míseras duas semanas dadas pela escola. Vontade de arrumar as malas, pegar um carro, um avião, um ônibus, o que for, e sair desse lugar, nem que fosse por dois ou três dias, apenas respirar um ar diferente, ver gente de outro lugar e esquecer um pouquinho o que deixamos e fizemos aqui. 
Nada como queremos, comigo definitivamente não é diferente, mas a trilha sonora desses quinze dias ainda toca nos meus fones de ouvido e ainda ecoa na minha cabeça, como de lembrança de tudo que foi me permitido mudar durante esse período, de todos os conselhos, todas as palavras, todas as verdades, todas as  minhas conclusões. Como nunca tinha sido, novas músicas de bandas ouvidas desde sempre, vozes nunca ouvidas, batidas estranhas, pronúncias variadas; não só na música, na vida.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

notinha básica sobre mudanças


O blog nesses últimos dias sofreu mudanças. Mudamos nome, jeito, fotos e tudo mais que era preciso com o intuito de dar mais movimento a esse nosso cantinho indispensável, sabem como é, todo mundo gosta de ser ouvido. A partir de agora haverão novas tags sobre assuntos variados, porém sempre mantendo a essência que sempre foi isso aqui. Estamos tentando ao máximo divulgar, e vou contar à vocês que não é nem um pouquinho fácil, então se gostarem comentem com seus amigos, inimigos, pais, cachorro, papagaio e piriquito para eles virem aqui e darem uma lidinha.
Estamos tentando crescer, mas vocês sabem, ninguém cresce sem vitaminas, ferro e potácio, e vocês, leitores, são exatamente isso para nós, não temos como crescer sem vocês, não mesmo.
Bom, that's it! Qualquer ideia, opinião, sugestão, etc, é só comentar aqui que iremos ler com o maior carinho e tentar atender.
Obrigada!
Bjs

segunda-feira, 12 de julho de 2010

mil palavras








Venho com mais numa edição do Mil Palavras e trago um trecho da música "Vivo" de Lenine, um nordestino arretado de sotaque e com uma mente inteligente, criatividade e com toda certeza perceptiva. 


"Precário, provisorio, perecível
Falível, transitório, transitivo
Efêmero, fugaz e passageiro
Eis aqui um vivo

Impuro, imperfeito, impermanente
Incerto, incompleto, inconstante
Instável, variável, defectivo
Eis aqui um vivo

(...)

Não feito, não perfeito, não completo,
Não satisfeito nunca, não contente,
Não acabado, não definitivo"
                                                                                               Lenine



E afinal, é isso que realmente somos.


domingo, 11 de julho de 2010

120 min. de sangue espanhol


Nao foi Brasil, mas foi Espanha, e posso falar ? Foi merecidíssimo, primeiro título da história deles, muita garra, muita bola no pé, muita ginga, muita determinação e com certeza, muita emoção naqueles 120 minutos pura e totalmente dedicados a um objetivo de toda uma nação: a vitória.
Foi lindo ver o gol suado do fofo do Iniesta no fim do segundo tempo de prorrogação e ele, sem querer saber de nada, levantou a camisa e mandou sua mensagem pro mundo (por mais que eu nao saiba o que estava escrito...); foi emocionante ver o Casillas deixar o pranto rolar no momento em que o árbitro Howard Wells apitou o fim de jogo. Não segurei o sorriso em ver todos esses guerreiros espanhóis maravilhosos com a felicidade transbordando ao erguer a Taça do Mundo, quicava de alegria no sofá ao vê-los abraçando uns aos outros, festejando e carregando o troféu dourado pelo campo.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

inércia poética


Sentado à mesa, sozinho em um quarto que me é tão inspirador tento criar alguma coisa digna de leitura, hoje já não sei se me é ou se me foi tão inspirador, rasgo cada frase mentalmente, piso em cada vírgula, descrente .
Descrente, de tudo, descrente de mim, o quê será dessa mera carcaça agora, sem ideias, sem palavras? Escrever eu sempre levei à sério, desde pequeno é a única coisa que faço bem, ou será que já não faço? Fazia ?
Escrever é um dom, e o quão gratificante é escrever algo e sentir que aquilo é a sua alma em palavras, seus ideais em poesia, a vida em versos, o mundo em prosa.
Me atrevo à dizer que escrevo, que escrevo bem, ah, como me atrevo! Mas são as crônicas que pagam as minhas contas, e os meus sorrisos de orgulho próprio em madrugadas tediosas de uma pacata segunda-feira. É preciso saber se orgulhar do que se faz também, ou será que esse surto branco, oco, vazio, acaba com palavras de uma vida inteira? Talvez agora eu me orgulhava.
Agora, olho atentamente pra cada canto da casa, rodando, preciso de uma inspiração, um sorriso quiçá, procuro a fonte, não a encontro.
Mas, amanhã é outro dia, então a gente deixa o coração falar também porque ele tem razão demais quando se queixa, o poetinha me disse um dia. Perdi as forças para lutar contra essa cegueira que me prende e me larga em lugar nenhum, vou dormir por uns instantes compridos.
E, ah, por favor, apague a luz e feche a porta quando sair.




Vinícius, velho, saravá !

" Vai tua vida, teu caminho é de paz, de amor, a tua vida é uma linda canção de amor "

Olá leitoresss, não fiz o post sobre os 20 anos de morte de cazuza, essa semana tá cheia de datas importantes não é mesmo? Pois é, super badalada infelizmente, quem dera que ele(s) ainda estivesse(m) aqui, hmmm .
Bom, hoje completam-se trinta anos sem Poetinha, sem Vinícius de Moraes, e como descrever Vinícius? Diplomata, letrista, poeta, jornalista, compositor, dramaturgo e sedutor né, porque casar nove vezes não é pra qualquer um.
Vinícius era daqueles caras sempre apaixonados, seu uísque era um companheiro fiel, mas não mais do que seus amigos, parceiros, lembrar de poetinha é lembrar de Toquinho, Tom, Carlos Lyra, Baden, nossa, ele teve tantos parceiros.
Paro de falar, Vinícius é maior que tudo isso, Maestro Soberano assim como Antônio Brasileiro, um exemplo, um exemplo .
"Poeta, poetinha vagabundo, quem dera todo mundo fosse assim feito você, que a vida não gosta de esperar, a vida é pra valer, a vida é pra levar"
VINÍCIUS, VELHO, SARAVÁ!

quinta-feira, 8 de julho de 2010

nada além


Escola. Horário de recreio. Só imagine. Pessoas zanzando de lá pra cá, cadeiras sendo arrastadas, pessoas conversando, outras berrando e eu, observando. Olhares dúbios e atitudes estranhas nunca deram tanto o que pensar. Você conversava com elas e olhava, pra mim. Eu ria para ele e dava uma olhadela de lado, pra você. E quando eu passei, falando de alguma coisa boba ou simplesmente olhando para o all star surrado de sempre, os olhares cruzaram e vi uma interrogação no seu, aquele vinco na testa que sempre odiei estava lá. Corri, te abraçei, desmanchei aquele nó que na minha garganta se formava, te beijei e fui beijada como nunca... na minha mente, apenas. Porque aqui, na real life, no concreto, fiz como um pinguço que sempre quis beber whisky, mas continua pedindo cerveja dia após dia, abaixei a cabeça, não sorri, não olhei, não refleti, só sucumbi à dúvida que você pairou no ar e fiquei desejando insanamente que você pensasse em mim, que pensasse no meu sorriso como penso no teu, que sentisse a crueldade da insegurança na pele e que quisesse tanto quanto eu acabar logo com toda essa história.

domingo, 4 de julho de 2010

o fim


Cá neste leito vazio não paro por um pequeno instante de pensar no que foi e no que será, mas sem dúvidas, o será é tão claro quanto esse coração que com cuidado se arrasta a bater, e eu podia fechar os olhos, me desesperar, chorar, me entregar, ou tanto faz, mas agora, uso esse tempo que ainda me resta neste plano pra só pensar em coisas que me alegraram, me puseram feliz, memórias que eu não ousava relembrar faz tempo, e nossa, quanto tempo. E choro, choro rindo do que a minha vida foi, e do tempo que perdi, ou ganhei, tempo que só e não obstante, vivi.
Talvez, correr mais, encher a cara, viver mais amores e encher a cara novamente fossem coisas que eu devia ter acrescentado em maior quantidade à minha vida, viver mais amores, sem preocupações, sem ligar pra notas ou números, ou pro futuro.
Futuro, essa palavra foi bem pensada e cada escolha tinha esse quesito em análise, sinceramente, se pudesse ter meu passado inteiro nesse momento, eu jogaria esse quesito fora, não seria fácil, mas vivendo o hoje, o faria. No final a gente sempre acaba aqui e assim, uns mais velhos, outros mais novos, causas diversas, almas diversas, um único fim .
Hoje estou me definhando nesta cama fria e branca de um hospital que o nome não me recordo, pra quê nomes? Filhos e netos me visitam, mas pra quê visitas? Com 93 anos vividos muitas lembranças me correm e escorrem pelo tempo que se esgota cada vez mais rapidamente, as ruins que me frustraram tanto um dia, eu jogo fora com a maior facilidade, de quê elas me adiantam agora? E aqueles bens comprados, aquele dinheiro arrendado, aquele carro, aquela casa, ah, eu podia ter investido em uma viagem, hoje me dariam mais lembranças boas, ou talvez não, quantas brigas e quantos amores já vivi naquela casinha velha? Ah, foram muitos.
Sinto que me vou daqui alguns minutos e por mais estranho que pareça, me sinto leve por não me arrepender de nada, nenhum peso, nenhuma mágoa, me vou como vim, sem choro sem fim, sem saber bem de mim, puro e crente assim, que venham meus querubins, pra me levar e sim, eu vou feliz enfim.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

confiança e afins

bom, não somos os mesmos, vamos mudando a cada dia, ainda mais na adolescência não mudar torna-se praticamente impossível. mas e quando a mudança não condiz ? quando o que a pessoa passa a ser é um reflexo da "modinha" ou do "fluxo" ? e se depois de diversas mudanças drásticas e estranhas, vemos que aquela pessoa é totalmente vulnerável, oca de personalidade e que ela muda de acordo com as próprias necessidades ?
acho que talvez isso nos ajude a ter um exemplo de 'não ser', chamamos nossa própria atenção para sermos quem somos e não qualquer um, como a foto mostra, NOT A FAKE. porém, a história não é tão bonitinha e simples quanto parece, nunca é, porque quando enxergamos a falsidade se mostrar bem na nossa frente, vem (ou melhor, vai) um sentimento: a confiança. sim, confiança, aquela velha amiga que ouvimos desde pequenos que é a base para qualquer relação, se mostra arrumando as malas e indo embora, deixando um gosto amargo na boca e uma vontade imensa de se xingar de burra por um bom tempo.
é difícil aguentar, mesmo quando já nos afastamos da pessoa há tempos, quando o baque surdo da desconfiança e da realidade bate lá dentro não tem como segurar e machuca sim, deixa uma cicatriz. mas, pense bem, essa machucadinho lá dentro faz você não cometer o erro duas vezes e botar um pé atrás com aquela determinada pessoa ou até com qualquer um, porque de uma coisa temos certeza, a confiança não some e aparece, ela vai se consolidando e quando se quebra podemos tentar consertar, mas nunca será como antes.

e aí ? gostaram ? beijos

domingo, 27 de junho de 2010

entre o frio e o quente .

Ele olhou pro relógio sem qualquer empolgação de adivinhar as horas, sem mais, sem menos, simples e sem porquê. Ele já perdeu o interesse nas coisas poucas da vida, três ou seis, qual seria a diferença para uma mente que não pensa, não sente, nem vê? E pra quê um porquê? Um porquê sem razão? E eu me perguntei imediatamente "para quê a razão sem a emoção?" Hein meu caro? Diga lá o Doutor, diga pra quê ser tão frio? Pois bem, eu sabia, sabia que me o senhor me enrolaria e no final não diria nada, nada mais do que palavras rebuscadas que não chegam à lugar algum, palavras complexas de uma mente culta, uma mente sã.
No final, sabemos todos, só gostamos de esconder que a emoção move a gente, sem ganhar ou perder, com palavras simples, gestos fáceis, pra qualquer um entender.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

mil palavras 3

olá leitores!
venho aqui compartilhar um poema que me faz chorar, me faz lembrar, me faz sorrir. não sei o por quê, mas desde o momento que o li pela primeira vez só consigo achá-lo cada vez mais lindo. e o assunto ? se tratando de mim, só podia ser o amor. espero que gostem!

"Ah, se já perdemos a noção da hora
Se juntos já jogamos tudo fora
Me conta agora como hei de partir

Ah, se ao te conhecer
Dei pra sonhar, fiz tantos desvarios
Rompi com o mundo, queimei meus navios
Me diz pra onde é que inda posso ir

Se nós nas travessuras das noites eternas
Já confundimos tanto as nossas pernas
Diz com que pernas eu devo seguir

Se entornaste a nossa sorte pelo chão
Se na bagunça do teu coração
Meu sangue errou de veia e se perdeu

Como, se na desordem do armário embutido
Meu paletó enlaça o teu vestido
E o meu sapato inda pisa no teu

(...)

Não, acho que estás te fazendo de tonta
Te dei meus olhos pra tomares conta
Agora conta como hei de partir."

Um brasileiro de Hollanda




Olá meus amores, eu sei que estou hiper atrasada, mas hoje eu encontrei um tempo e não pude não passar aqui, sábado passado, dia 19, o meu (e do Brasil inteiro , rá), o nosso querido Chico, completou seus 66 aninhos, de puro samba e história, sem dúvidas .
Pelo pouco que conheço de suas músicas, de suas obras, peças, livros, aplaudo e admiro, não sei se já comentei sobre Chico aqui, mas está em boa hora, comecei ouvindo em casa, ainda pequena (tá, sou pequena, ignorem), e não parei mais, música boa, não tem volta, e que bom que não tem .
Além de encantar com seus olhos e seu charme, o brasileiro de Hollanda encanta com o que fez e continua fazendo, Francisco Buarque sempre bebeu das melhores fontes, e da junção de experiência, dom, talento, com as influências, não pôde sair coisa ruim, desde seu modo de pensar, textos, livros, peças, músicas e mais .
Chico para mim é uma referência musical, eu e metade dos brasileiros o conhecemos pelo seu samba, pelas suas letras mágicas e melodias empolgantes .
Enfim, fiz esses pequenos parágrafos ouvindo 'essa moça tá diferente', 'eu quero um samba', ' sonho de um carnaval' , e vários outros sambas felizes do mestre, sou uma mera fã com idade pra ser neta do sujeito, o que prova , mais uma vez , que música (boa) não morre, nem envelhece .
Só li dois romances dos quatro publicados por ele, Leite Derramado e Budapeste, os dois últimos, não asseguro os outros, mas esses, acredite, são impecáveis, as peças também estão aí, bem acessíveis como Ópera do Malandro, Calabar, entre outras.
Um parabéns gigante, e um beijo enorme.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

patriotismo pra quê ?


Olá bloggers , estava com saudades de jogar letras nesse espaço branco que me concederam , mas eu andava meio desligada e estudando , ainda está corrido e , não sei por quais cargas d'água estou totalmente fora de órbita , sem imaginação e criatividade .
Hoje porém , revoltada com alguns 'sentimentos' que a copa do mundo aflora , resolvi fazer um pequeno post.
Patriotismo , nacionalismo , pra que te quero ?
Não sou extremista mas por tudo que já escrevi aqui , deu pra perceber que eu sou sim nacionalista , e ver pessoas torcendo pra Itália , Alemanha , Estados Unidos e Inglaterra é algo , ao menos para mim , no mínimo curioso .
As pessoas trocam governo com pátria , nacionalidade amor de brasileiro com sei lá o quê , uma ponte bonitinha , um país bem desenvolvido com jogadores bonitinhos , e eu realmente não sei o porquê disso tudo , acho a coisa mais estranha ser brasileiro e falar que tá torcendo pra Alemanha , por exemplo , é o seu país , você não é Alemão , Coreano , Norte Americando ou qualquer coisa do gênero , aí me vem o que eu sempre aprendi e guardo comigo , 'é o meu país , pode ser a piorrrrrr seleção , a pior escalação com o técnico mais mal feito , eu vou torcer por ele ' , afinal pra mim , o que ganha além de bons passes e gols , é a torcida , é a raça , pra mim é essa a palavra que define o futebol , pode perder , mas perder com raça é bonito , perder com amor , com um espírito de brasileiro ,
enfim , eu acabo por aqui , foi só um lugar pra explodir mesmo .
"Sou brasileiro,tô numa boa , meu sorriso é meu dinheiro , sou poeta e nasci no Rio de Janeiro. "
beijinhos !

quarta-feira, 9 de junho de 2010

e o dia dos (sem) namorados ?


Hello peixinhos! Primeiramente agradecendo à Lu b. pelo post de aniversário, amo você minha linda!
Então meu povo, esse sábado, dia 12, é valentine's day, uma data fofinha para os que comprometidos e um pesadelo (ou não) para os solteiros. Confesso que eu, particularmente, estou me sentindo estranhamente incomodada por esse tal dia dos namorados, sozinha como estou, fico naquela melancolia que dá ao passar aqueles filmes do tipo "Diário de uma Paixão" e derivados na tv, naqueles momentos que você se pergunta: "cadê o meu amor ?".

Como para toda regra tem uma exceção, tem aqueles solteiros assumidos, que só querem curtir, conhecer gente e se der na telha firmam uma relação, mas se não rolar nada ficam super na boa. Tenho invejinha deles! Deve ser mais fácil sair pra curtir, não para ficar procurando o amor da sua vida, bom, eu acho né.

Mas caindo na real, eu acho que toda essa coisa de um dia reservado para os namorados é puro jogo de marketing pra fazer as lojas lucrarem com essa "obrigação" que os casais sentem de trocarem presentes. Presente sempre é bom, porém uma cartinha, um poema, uma música dedicada que seja é muito mais valiosa, com muito mais significado.

Então, nem lá nem cá, com ou sem, eu desejo pra vocês um ótimo dia dos namorados! Se você não tem um, reúna os amigos que também não têm e saia, vá se divertir, ficar em casa é que não dá (ainda mais com essas programações especiais podres de tv para dia 12). Se você está no clima com seu par, mas ainda não firmou nada, é hora de parar e pensar, quem sabe uma surpresa não caia bem hein ? Ah, e claro, pros comprometidos, muitos momentos lindos e inesquecíveis para você e seu parceiro!

E você ? Como vê e vai passar o valentine's day ?
beijon

Beijon

PS: o post ficou sem pé nem cabeça, meio decadente, mas minha criativade está realmente em falta, foi o que deu '-'

quarta-feira, 2 de junho de 2010

HAPPY B-DAY MM !


Olá meus caros , hoje a passagem é rápida , mas é uma data importante , nossa querida mm! está fazendo 14 aninhos , wee ! estou ficando pra trás , haha .
Marina Mairos linda , eu desejo hoje , tudo de bom , que você passe por cima de todos os seus problemas , e com relação ao principal deles ( eu acho ) que você veja que ele é um crianção e que você merece um homem né , morena ! Marcelo disse um dia que tudo passa , e é assim mesmo , põe fé , segue em frente , luta , consegue , desiste , vai pra outra , vence , perde , chora e ri , a gente é assim , não é mesmo ? continue sendo essa pessoa maravilhosa que você é , faladeira , muitos semestres da cultura virão , e vamos estar lá , together again , parabéns novinha de 14 , você merece TUDO de bom .
beijos da lu que te ama tanto !
" andar com fé eu vou , que a fé não costuma falhar "

quarta-feira, 26 de maio de 2010

mil palavras 2


Olá guys , bem , eu esqueci que isso aqui existe por um tempinho , na verdade , isso tudo vem da minha 'falta de jeito' com as palavras ultimamente , vocês bloggeiros , já tiveram isso ? espero que não , é horrível , não sai nada com nada , não tenho assunto , se eu fosse jornalista já teria surtado , pra marcar presença , vim fazer mais um mil palavras , que eu achei lindo por sinal , john lennon é estrela maior sempre né , vindo dele , não tem como ser ruim , espero que gostem .


"Faça seu próprio sonho. Se você quer salvar o Peru, vá salvar o Peru. É bem possível fazer alguma coisa, mas não dotá-lo de líderes ou parquímetros. Não espere que Jimmy Carter ou Ronald Reagan ou John Lennon ou Yoko Ono ou Bob Dylan ou Jesus Cristo venha e faça por você. Você tem de fazê-lo sozinho. É o que os grandes mestres têm dito desde que os tempos começaram. Eles podem apontar o caminho, deixar indicações e instruções em variados livros que são chamados de sagrados e venerados por suas capas, e não por aquilo que dizem, mas as instruções estão por aí para que todos as vejam. Sempre estiveram e sempre estarão. Não há nada de novo sob o sol. Todos os caminhos levam a Roma. E as pessoas não podem fazê-lo por você. Eu não posso te despertar. Você pode se despertar. Eu não posso te curar. Você pode se curar."
John Lennon

segunda-feira, 17 de maio de 2010

e agora, que jogamos tudo fora ?



Hey bloggers! Estive ausente esses dias porque estava numa viagem da escola para São Paulo, mas agora i'm back. Trouxe aqui um textinho cheio de significado pra mim, que acho que ficou meio estranho, mas é basicamente uma descrição para o que me domina no momento, infelizmente.


E agora ? A conflituosidade tomou conta, o masoquismo já passou de um mero ato de tortura, os sentimentos vão rasgando sem dó nem piedade. E agora, que todos as ações foram misturadas, não formavam uma conexão, mas cada gesto ficou guardadinho na minha memória, pronto para ser lembrado e relembrado a qualquer momento. Amanhã tudo pode voltar ao normal, ou não, independente de algo ou alguém, nesses dias alguma coisa se alterou em mim, em você e no ar que respiramos, isso eu sei. Escrever de sentimentos fica mais difícil a cada vez que me obrigo a expressá-los, um reflexo da nossa situação, ou melhor da sua, que é sempre dúbia e vai mudando de rumo. Você me bloqueou e nesse momento vi que o controle do desbloqueio está nas suas mãos, uma atitude egoísta, como sempre. Quero andar por aí, resgatar meus pensamentos felizes do ano que passou, resgatar a alegria instintiva que reinava em mim, é assim que deveria ser, é assim que eu quero que seja, e de alguma forma, eu vou tentar achar meu eu autruísta, só para sorrir, só para entender, só para te surpreender.


Primeira vez que escrevo um texto tão pessoal em relação à pessoa que falo aí, bem difícil pra mim até reconhecer que estou escrevendo sobre ele. Espero que a compreensão chegue em vocês, leitores.
Beijon

sábado, 15 de maio de 2010

o mundo por outro ângulo .

Estou no frio , no escuro , carente , estou com fome , na rua , sem lente .
Sem lente para isso tudo que vocês têm , sem lente vendo na pele como é uma realidade sofrida , sem lente quando sei como é não ter onde dormir , ou passar a noite sem comer , vocês com a lente só vêem o que não podem ter , e se eu luto cansada por algum tipo de sobrevivência , não é arrogância mas vocês da lente , vocês do alto , desprezam muitas vezes , o que têm.
Dispensar o lanchinho do coelhinho tarado é fácil , quando se paga caro em um petisco de sábado , mas quando não se têm nada , as escolhas são poucas , ou sim ou não , ou vai ou volta , nessa hora , o coelhinho tarado satisfaz com um sorriso .
Sei que as realidades são diferentes , até demais , e não culpo o senhor , por tudo isso , mas que tal na hora de reclamar , abrir os olhos só pra reparar o quanto a vida é dura pra quem tem que ralar ? e quando você não puder comprar o tênis caro , lembre por um segundo que for , que o barato talvez não seja pior e que , quando a sua mãe dizia pra não reclamar de barriga cheia ela tava certa , porque talvez você não conheça , o centro do Rio à noite , ou então , pior , você vê da sua janela todos os dias ,você vê do seu trabalho , no noticiário e nos jornais , mas finge que não vê e continua reclamando de não ter tal roupa , tal marca e outras bobagens .
Só proponho que você pense o quanto a sua vida é boa e chorar assim que perceber , vai parecer falso , mas acredite , vocês falam sem poder.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

instinto .


O meu instinto me manda correndo até vocês , meu bom senso não me deixa sair.
Queria realmente o fazer mas se fosse assim , tão fácil quanto dizer , eu não mais estaria aqui .
A melodia muda , os valores também , eu continuo a mesma , sempre mudando na mesma base , com o mesmo cal , eu sinto falta do quente que eu tanto desprezei , agora , sempre o anseio mais e mais . No meio dessa nostalgia , leva e trás, leva e trás , eu sinto frio .
Sei que escondo uma lágrima com um sorriso , não é fácil , já que tudo conspira dizendo que eu errei .
E se por acaso , eu sorrir em falso , saiba também que eu só queria chorar.

domingo, 9 de maio de 2010

foi de saudade


Hey guys! Nesse domingo chuvoso, dia das mães, almoços de família, nada pra fazer, eu resolvi postar, escrever sobre uma little thing que tem aparecido no meu dia-a-dia.

Sempre me disseram para aproveitar as coisas, porque elas passam e sentiremos sua falta, nunca acreditei muito para falar a verdade, mas é isso aí.

A gente não vive sozinho, fato, vivemos no plural, mesmo sendo singulares, indo com alguns caminhando ao nosso lado, outros escondidos, mas que de repente cruzam nosso caminho com uma força tão grande que nunca mais conseguimos tirá-los da lembrança. Tem sempre aqueles que mantemos e sempre manteremos distância, mas na real ? Eles, por incrível que pareça, fazem uma diferença sim, eles aguçam nosso senso crítico e nos fazem ver o que não queremos ser, e é sempre bom ter alguma certeza, mesmo que pouca, de que não somos o que não queremos ou não aprovamos.
É, eu não gostei muito desse post, sure que não um dos meus melhores, mas podem ter certeza de que essas saudades ainda vão render muitas palavras, mesmo. E vocês, sentem esse aperto no peito ? Essa saudade estranha do tempo que passou e a gente não viu ?
Beijon e happy mothers day pra suas mães lindas e dedicadas!

terça-feira, 4 de maio de 2010

todos contra a homofobia !


Olá bloggeiros ,
em virtude dessa lei genocida que quer entrar em vigor na Uganda, eu vim fazer um post diferente de todos que já fizemos aqui no blog . Tirar a vida de alguém pela sua sexualidade é algo inconcebível pra mim , e eu não consigo entender porque é assim , juro que não .
Já faz muito tempo que o mundo , a sociedade vem lutando por liberdade de expressão , hoje , em pleno século XXI , parte dela luta não só pela expressão , mas pela liberdade sexual .
Incrível é ver que teoricamente o nosso primeiro direito é à vida , e me vem um sujeito querendo matar gays , sinceramente , de onde vem esse ódio todo? desculpa , mas eu queria regredir esses seres à vidas passadas e ver o porque de toda essa intolerância , por que incomoda tanto ?
Defendo a causa dos homossexuais fielmente , a sociedade impõe normas , as pessoas as aceitam , e simultaneamente , se fecham, não para o novo , mas para o diferente .
Não entro em temas religiosos aqui , isso é pessoal , mas , se você , está lendo o nosso blog e possui uma religião contra 'homosseuxais', não saia dela , nem se revolte , se não quiser , mas não se deixe levar , teoricamente , a religião é algo que nos completa espiritualmente , e você pode continuar sendo fiel , e a favor , da causa homossexual , ou pelo menos , respeitando a mesma .
Outa coisa que me revolta é o fato de alguém , que se acha tão poderoso assim , querer separar sentimentos por sexos , sem ter a esperteza de perceber , saber e sentir , que existe algo muito maior do que preferência sexual , idade , e cor da pele , e que o tão clichê , o tal do amor , realmente ultrapassa as barreiras .
xx

segunda-feira, 3 de maio de 2010

aquela que se iludia demais

E faz mais um dia que ela ouve tudo e tenta não se abater, mas as palavras misturadas com risinhos vindos lá de trás são como espinhos, que vão furando lentamente, e seu instinto se tornando cada vez mais aguçado. É, para quem não sabia, intuição dói, e muito para ela.
Todo dia ela diz que cansou de se importar com ele, de se importar com elas, mas todo dia, antes de dormir, ela alimenta as esperanças em demasia.
Cuidado, um dia as esperanças ficam acima do peso, e subitamente, infartam.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

mil palavras 1

"Lembra-se do dia que peguei emprestado o seu carro novo em folha e o amassei? Pensei que você me mataria, mas você não me matou. E lembra-se daquela vez em que eu o arrastei para a praia e você disse que ia chover, e choveu? Pensei que iria dizer 'Eu não disse?', mas você não disse. Lembra-se que eu namorei todos os caras para te fazer ciúmes, e consegui? Pensei que você fosse me largar, mas você não me largou. Lembra-se da vez que derrubei torta de morango em cima do tapete do seu carro? Pensei que você fosse me bater, mas você não me bateu. E lembra-se da vez que me esqueci de lhe avisar que a festa era a rigor e você apareceu de jeans? Pensei que você fosse me largar, mas você não me largou. E houve uma porção de coisas que você não fez. Mas me aguentou, me amou, e me protegeu. Haviam muitas coisas que eu queria lhe retribuir quando você voltasse do Vietnã. Mas você não voltou."

Autor desconhecido .

mil palavras (about)

Bom, estava eu pensando em fazer alguma coisa ligada à edições aqui no blog , milhões de ideias me vieram à mente , e eu resolvi começar por essa , o que vai ser , na falta de nome entitulada de ' mil palavras' , eu e minha querida mm! vamos sempre que acharmos algum texto , frase , prosa , poesia ou afins , que acharmos legal , postar aqui . Até porque é bem útil dividir isso com vocês , concordar ou não , até pra gente conhecer um pouco mais de alguns autores e escritores , famosos ou não , pra colocar em profile , refletir , motivar , tirar da fossa ( ou te colocar nela), fazer chorar , rir , e um pouco mais de todos esses feelings únicos que a leitura nos trás , não é mesmo? espero que gostem (:
no próximo post , acima , eu começo guys !
beijos .

tenho andado distraído, impaciente e indeciso

Tem dias que tudo parece muito certo, concreto e exato, e já deveria saber que isso é temporário se tratando de mim, deveria saber mas nunca sei. E como há dias para a segurança, há dias para a insegurança também, sendo que é uma escala 1:340 praticamente. Ás vezes penso que se fizesse uma linha do tempo com meus pensamentos transitórios, ao final do dia ficaria parecida com aquelas que a gente faz para estudar pra prova de História, com os acontecimentos rápidos demais pra conseguirmos compreender exatamente o que são ou o que significam, é.
Algum filósofo importante disse "Uma vida sem reflexão não merece ser vivida", mas será que ele tinha dimensão do quanto de dor uma reflexão pode gerar ? Fico imaginando se todo mundo fica questionando, pensando e remoendo tanto que nem eu, se quem vai vivendo por instindo, sem pensar em algo, é mais feliz, mas nunca cheguei a uma conclusão, tem seus prós e tem seus contras. Eu sei que vocês sabem, eu sei que vocês sabem como é difícil querer ter certeza de um tudo e no final, não ter certeza de nada. Talvez seja essa a essência da adolescência, não é ?

terça-feira, 27 de abril de 2010

again and again and again

A cada movimento um erro, se tivéssemos uma cota de erros diários, posso dizer que com certeza ultrapassaríamos a mesma. Pisamos pro outro lado, pisamos em falso, caímos; levantamos, tropeçamos na pessoa do lado, nos seguramos a ela e de repente caímos de novo. Se você está lendo isso agora e acha que por pelo menos um dia você conseguiu fazer tudo certo, seria legal você continuar lendo. Se você acha que eu estou falando grego e acha que é impossível errar tanto em apenas 24 horas, eu questiono sua sanidade (já foi comprovada a falta da minha há tempos). Errar é como ver aquela bomba de chocolate na padaria, correr para comprá-la, morder e perceber que estava estragada. A partir daí você decide, se quer continuar comendo pelo dinheiro que você gastou ou se quer jogá-la fora e comer outra coisa.
Sabe, dizem que a grande vantagem de errar e aprender com o erro e não cometê-lo mais, é cair e saber levantar. Mas daí eu fico pensando, será que no final a nossa cota de erros pode ser revertido em no mínino acerto se quer ?
xx

sábado, 24 de abril de 2010

nem sim , nem não , indecisão .


Olá !
Bom , primeiramente , tente abrir sua mente , não estou fazendo propaganda de sapato com a foto acima , risos .
Hm, você talvez pense , eu pensei que , esse post vai parecer uma continuação daquele meu último agora , em que eu falava sobre o quanto complicamos as coisas , depois de uma certa fase e de como víamos a coisa na essência quando éramos crianças , sem a menor chance de não sermos felizes .
Esse post fala sobre indecisão , seja da coisa mais simples entre salgado de queijo ou de pizza , até coisas mais 'sérias' , de maior proporção como mundanças e escolhas que tomamos na nossa vida .
Pensando na mesma linha do outro post , essa indecisão talvez venha do fato de sempre pensarmos no ' mas se eu fizer isso ...' sempre ver o lado negativo e as consequências , talvez isso seja a real maturidade , talvez não , se , de repente , nós deixássemos o inconsciente falar mais alto , longe de padrões impostos , longe de regras e poréns , acredito eu , que estaríamos mais próximos do que chamamos de 'ouvir o coração' , ou talvez não , seja só um acesso de loucura meu , nesse sábado com cara de domingo .
Pode ser que seja porque temos realmente , muitas opções , incertas , boas e ruins , a gente nunca acha 'aquela' opção , que tem tudo melhor , sempre tem pontos e contra-pontos , e a gente aprende a lidar com isso , errando , caindo e levantando , mas a raiva que dá quando escolhemos a teoricamente errada , só a gente sabe , afinal , é a sua vida, e pensar que trocamos o sim pelo não , o certo pelo incerto , é frustrante .
E vocês , por que acham que somos tão indecisos ? mil beijos .

terça-feira, 20 de abril de 2010

veja você, quando é que tudo foi desabar ?

Ok, hoje vou precisar usar esses espaçinho aqui no blog pra desabafar, estou precisando disso a um tempinho já, acho que percebe-se isso nos meus posts anteriores.
Estou um caco, tendo crises nervosas todos os dias, contestando coisas que eu nunca pensei em duvidar, vendo meus objetivos virarem pó só pela dificuldade momentânea (ounão) que estou tendo. Minhas notas na escola não estão como eu desejo, em Matemática a coisa está feia, nada parece fazer sentido no meio daqueles números, e o pior de tudo é que eu não vejo "moral" nenhuma em aprender essas coisas, porque eu tenho certeza que não vou fazer nenhuma faculdade que se precise saber resolver uma equação irracional, literal e derivados. Tenho me estressado cada dia mais com aquelas pessoas que não se dão nem o trabalho de abrir o livro e ler pelo menos, chegam na prova, colam e tiram nota na média, e aí eu aqui me mato de estudar, deixo de fazer as coisas que eu gosto pra me dedicar, faço os deveres direitinho e chega na prova, dá um troço e eu tiro ou na média ou abaixo, como aconteceu agora.
Isso tudo na escola é só a ponta do iceberg, foi o estopim pra eu desabar, cair sem nem pestanejar e me afundar nas minhas próprias mágoas, nas minhas lágrimas nervosas. Está tudo tão confuso, tudo saiu do lugar, algumas pessoas ficaram estranhas, o mundo recebeu um toque cinza que me deixou tonta, tonta com tanta coisa caindo ao mesmo tempo. Os sentimentos começaram a se misturar uns com os outros, formando uma combinação que só me fez enfiar a cara no travesseiro, chorar e aparecer com olheiras que estão aqui a quase 1 semana e não somem de jeito algum.
xx

sexta-feira, 16 de abril de 2010

eu começo por onde a estrada vai .


Hoje acordei nostálgica , lembrando e relembrando vários momentos importantes e outros um tanto quanto inúteis para mim , busquei umas fotografias e lá fiquei , em outro mundo até que a realidade me acordasse para estudar física .
Hoje admiro a minha infância , não só a minha , como a de todos , essa minha alta crítica de tudo , essa chatice , esses vícios e essa mania insuportável de transformar tudo mais difícil eram coisas inimagináveis para mim , realmente.
Dificultar , fazer tempestade em copo d' água , aumentar os problemas , ver tudo com uma lupa , nossa , já me falaram vários nomes , para a única verdade que é , não enxergar a felicidade nas coisas mais simples , não dar valor ao que se tem enquanto é tempo , clichê isso , não ?
Pois é , o clichê vem sido a solução , a gente realmente quer sempre mais e acaba não olhando pra nossa realidade , a gente parte pra outra , outros desafios e pode ser que sim , pode ser que não , mas há uma grande probabilidade de piorar a sua vida , nessa hora , como lidar ? haha .
É isso , quando você se sente distante da SUA felicidade , acho que não só eu , como todos , percebemos que um simples pôr-do-sol, já nos enche de alegria .
Esse post pode parecer aqueles de auto-ajuda , sabe ? mas não foi a intenção , na verdade não tem um objetivo claro , eu escrevi aleatóriamente sobre um tema que me ronda já faz um tempo ; felicidade.
E é isso que a gente tem que buscar , nas trevas , se for necessário , porque se não , nada vai fazer sentido , e depois de um erro cometido , por mais saudável que seja , outros milhares virão em sequência , e aí eu já não sei se é saudável ou não .
Como já disse , a felicidade está nas coisas mais simples , hábitos sutís que quase não vemos a olho nu , e o valor só é dado quando perdido , uma simples risada de manhã , uma canção que te alegre , futilidades , besteiras , bobagens , nada como elas pra agitar um pouco mais nosso calendário , e sem elas , o que seríamos nós ?
E você , se sente uma pessoa completa ou tá sempre querendo mais , achando que podia ser melhor ?
beijosss :*

Shy That Way

Quando não dá pra desgrudar os olhos do rosto dele, mesmo quando nos enforçamos, quando a respiração falta ao vê-lo chegar, a gente sabe lá no fundo que dava pra se acostumar com ele, literalmente e realmente, ao seu lado.
É sempre dificil admitir que a última pessoa que você pensou que fosse te encantar, afinal, te encantou e foi em cheio. Se as pessoas que você quer passar longe são exatamente os amigos dele, se você sempre sonhou com um moreninho de cabelo cacheado e ele é branquinho de cabelo liso, se tudo é oposto entre você e ele, é uma vergonha admitir aquele velho clichê "os oposto se atraem", mas vou te contar amiga, que isso é mais comum do que você imagina.
Tudo conspira para o não, mas você é teimosa e cisma para o sim. Seja teimosa, não é fácil, mas de vez em quando é bom bater o pé por algo que irá te fazer feliz. Insista até conseguir, ou até desistir e seguir a vida sem peso na consciência de não ter tentado. Nervosa ? Ansiosa ? Comigo também não é diferente. Só não me perguntem o que "bater o pé e insistir" significa na prática, descubra por si mesma, que eu tentarei descobrir sozinha também.
XX

domingo, 11 de abril de 2010

Cinema e Vida

Hey bloggers!
Estava eu lendo meu livro chamado "Como a Geração Sex-Drugs-And-Rock N' Roll Salvou Hollywood", e uma das características do cinema naquela época, anos 70, era os diretores expressarem seus ideais, sentimentos e os problemas da época nos filmes, e de certa forma "agredindo" o espectador, jogando os fatos nas suas caras. Daí me vem George Lucas fazendo sucesso com "Star Wars" e mudando o estilo do cinema revolucionário, voltando a fazer filmes ingênuos, infantis, com uma narrativa linear com apenas uma história para contar, e aí que começa toda a história de "americanização" dos filmes, aquela coisa comercial, com um bando de tias usando diamantes e fazendo compras no East Side bem no estilo "Sex and The City" ou "Os Delírios de Consumo de Becky Bloom". E toda essa história me remete a situações comuns (I think) do nosso dia-a-dia, em que quem resolve mostrar os fatos, quem encara, quem é vulnerável pelos sentimentos e pelos fatos, quem gosta do diferente e faz parte do mesmo, é criticado fervorosamente, sem dó nem piedade. Mas aí, os que preferem passar um dia no shopping sem querer ver o mendigo que não tem o que comer, quem resolve que a melhor maneira de passar pelas coisas é ignorá-las e quem prefere o fácil ao certo, é tratado com uma pessoa sã, ótima e linda. Para resumir tudo isso, achei uma frase maravilhosa de Milius: "É fácil ser cínico, difícil é ser sentimental." E, como eu adoro frases, citações, etc, para fazer mais uma ligação dessa situação que descrevi com o cinema, pego essa fala de William Friedkin: "O que aconteceu com 'Star Wars' foi o mesmo que quando o McDonald's se estabeleceu e o gosto por boa comida desapareceu. Agora estamos num período de involução. Tudo está sendo sugado para dentro de um grande redemoinho."
E aí, o que vocês acham ? Sei que posso estar sendo radical, mas eu vejo as coisas dessa forma, meu jeito radicalmente de ser. Ah, e quero agradecer à Luiza Galvão porque parte da ideia desse post veio dela.
Beijon
PS: Para os que curtem George Lucas, sorry, eu não gosto do trabalho dele (nem dele) e para os que curtem "Star Wars", sorry também.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

tributo los hermanos .

Bom people , eu frequento as comunidades dos los hermanos e derivados e uma das que eu mais entro é a do marcelo camelo , lá eles lançaram o projeto ' TRIBUTO : LOS HERMANOS ' , a intenção não era fazer um cover dos LH , era realmente fazer um nova leitura das músicas , sem alterar a letra .
Deu certo , as pessoas da comunidade gostaram e mandaram suas versões , o projeto saiu e confesso que estou um pouco atrasada .
Todo mundo tá divulgando e achei isso aqui uma bela forma de contribuir e cá estou fazendo uma propaganda legal , porque a gente tá sempre aqui , na internet , sem ter o que fazer , não custa nada dar uma forcinha até pra conhecer , ficou encantador , e eu divulgo porque aprovo .
Todos se dedicaram mesmo , as versões ficaram com um toque especial , umas mais só o violão e tal , o trabalho dos organizadores fez valer o trabalhoso projeto , a capa está linda , por sinal .
eu deixo aqui o link do blog - http://projetotributo.blogspot.com/
e no final do post vai ter o link do megaupload , é seguro , sem vírus eu baixei ,rs .
e , caso tenham dúvida eu vou deixar o link direto do megaupload nos comentários .

é só , eu aprovei , achei maravilhoso , espero que gostem , e por favor , comentem !
Bom , que venha o tributo los hermanos II !
beijos .

terça-feira, 6 de abril de 2010

Estilo, expressão e tudo junto no LookBook

Hi bloggers!
Então, nessa tarde chuvosa (e muito) que ninguém pode sair de casa, etc e tal, venho trazer pra vocês um site de relacionamentos, tipo orkut, twitter e derivados, que eu ando de olho a um tempinho já.
É o LookBook, já ouviram falar ? Você cria uma conta e coloca vários looks seus e os outros podem ver e comentar. Lá você acha pessoas do mundo inteiro com estilos lindos e diferentes, acompanha as tendências, se inspira para uma combinação de roupas, acha acessórios que goste e etc.
Não sei vocês, mas eu tenho uma paixão-não-revelada por moda, adoro a forma como uma roupa pode representar suas opiniões, e gosto de variar nas minhas roupas, odeio usá-las iguaizinhas sempre, tento dar uma mudada toda vez. E o LookBook é uma ótima oportunidade pra ver como você fica nas roupas e se expressar virtualmente por meio delas, aqui vai o link: http://lookbook.nu/
Eu AINDA não tenho LookBook, mas se vocês tem ou fizerem um me mandem o link, para eu dar uma olhada, aqui nos coments ou pelo twitter (@_marinacp).
Beijon xx

sexta-feira, 2 de abril de 2010

E ACREDITAM NAS FLORES ,


VENCENDO OS CANHÕES !


Foi um período muito tenso , mas não deixou de ser apaixonante , toda essa mobilização nacional , essa luta pelo que acreditavam sempre me balançou , me apaixonou e me vidrou , as histórias da nossa temida ditadura militar são tristes e muito emocionantes , fico eufórica com tudo isso , aliás , que adolescente típico que conhece não fica ?
Enfim , quarta feira, dia 31 de março foi aniversário do golpe de 46 anos , é , juro que tentei fazer no dia mas eu tava atolada com trabalhos e tudo mais.
Aproveitando a data , eu não pude deixar passar em branco , foi algo extremamente marcante e importante pro país e eu realmente queria ter nascido nos anos 4o , mas chega de anacronismo , eu acho que tudo naquela época foi digno de aplausos , operários em contrução que lutaram , sofreram e foram torturados por carregarem consigo mesmo ideias que valem ouro e não um ensino de faculdade , de outro lado a elite cultural se mobilizou também , um exemplo , Francisco Buarque , ele não precisava , mas fez ! Canções tão maravilhosas , algumas censuradas , outras não, e quando começaram a censurar todas , surgiu julinho de adelaide , a prova viva de que o amor pelo que se pensa é maior do que qualquer dinheiro e situação econômica .
Essa época de censuras, torturas e muitas organizações estudantis nos revelou o quanto o ser humano é sim ligado ao amor e a um país melhor para todos , quem não sabia quem era marx se uniu , porque sabia o básico , ele queria ser livre e queria um país IGUAL pra todo mundo , isso já valeu , isso encheu a todos de forças pra encarar soldados militares e lá foram , caminhando e cantando e seguindo a canção .
Nos revelou também ídolos , nacionais e mundiais , exemplos de vida e luta .
bom ,amanhã vai ser outro dia .
mil beijos , e feliz páscoa , gatinhos .

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Inconsciente Incerto



Olá pessoinhas :) Menina linda da foto, quero ser assim QQQ Então, eu estava lá feliz pensando em um textinho qualquer e acabei, do nada, escrevendo um negoço e no final acabou ficando bom, e principalmente, verdadeiro (eu acho né '-').

"É, quando você percebe que a vida lá fora é complicada, que as pessoas nem sempre te entendem, e ainda mais, quando você não tem certeza se seu sol vai voltar amanhã, o lógico seria querermos voltar e se esconder embaixo da mesa. Mas não, somos tão estranhos que queremos mais e mais o complicado, o imcompreensível e o incerto, e por mais que não reconheçamos, a incógnita do amanhã é o que nos impulsiona, insconscientemente é claro, acabamos nos atirando mais e mais em fatos que não são fatos, nas ilusões, e daí é que nasce a esperança, esperança que vai se esvaindo lentamente com nossas expectativas conturbadas."

Gostaram ? Eu me sinto um pouquinho assim, como pisando em terreno inimigo, entendem ?

Beijon

domingo, 28 de março de 2010

"Senti seu coração perfeito ..."

"... Batendo à toa e isso dói"
Tinha que ter sido ontem, mas não deu inspiração e tinha muita coisa pra fazer, mas homenagem quando vem com sinceridade não tem dia nem hora marcada. E hoje estou aqui querendo estar lá em cima do lado de Renato Russo com seu violão na mão. É, a 50 anos atrás ninguém podia saber, porém um gênio nascia e estava pronto para revolucionar todo o rock brasileiro.
Li no jornal "Religião Urbana" e parei pra pensar que existe toda uma"doutrina" dentro das letras tão complexas, mas tão singelas e simples que adentram teu coração e mente sem pedir passagem, mas que são bem-vindas sempre. E é de alguma forma gratificante perceber que mesmo Renato Russo tendo morrido antes de eu nascer, eu ouço ele hoje mesmo assim, mesmo na angústia de querer ele de alguma forma ao meu alcance e mesmo depois de anos e décadas, as letras nunca ficam anacrônicas, digo nunca com bastante certeza, porque pega "Há Tempos" pra ouvir e transfere pra sua vida e é percebido facilmente toda a realidade daquela época e de hoje em dia ali.
Cazuza disse uma vez que os bons morrem cedo, e eu não queria concordar com ele, mas não há como discordar e me dá uma tristeza, uma ausência de revolucionários, daqueles que nem Renatinho que jogava um "Geração Coca-Cola" na tua cara pra te fazer pensar no sistema totalmente antiético que vivemos. Sinto falta mesmo sem nem ter tido um lindo que ficava no violão cantando "Angra dos Reis", "Quem Inventou o Amor" e por aí vai.
Bom, um dia encontramos ele lá em cima e eu, for sure, vou pedir pra ele sussurar vários versinhos no meu ouvido e dançar loucamente ao meu lado, sim sim.
Espero que tenham gostado da homenagem singelinha aqui.
Beijon

sábado, 27 de março de 2010

'Já , que você não está aqui '

Hoje , nesse nosso mero sábado dia 27/03/10 , o nosso queridíssimo e pleno Renato Russo estaria completando seus 50 anos , e o que nós , que viemos depois da famosa geração coca-cola pensamos sobre isso ?
É realmente complicado , é aquele querer e não ter , um contentamento descontente de idolatrar mas não poder pegar, de ouvir histórias de show , ver vídeos , letras e imaginar como a música que eu sempre quis foi aquilo mas infelizmente a distância é maior do que a que se pode imaginar .
E o sonho de ir em um show com Renato dançando com seus lindos lenços no pescoço ? E aquela banda ? bom , continuemos como sonho .
Não acho a música nacional atual ruim mas o rock brasileiro sempre será marcado pela lendária legião urbana, pelo eterno Renato Manfredini e a gente não precisa nem voltar porque Renato Russo é eterno e não há fronteira que separe o mundo desse exemplo de músico , nem muito menos a morte , tão pequena perto desse sentimento todo .
Eu falo por todos , é . O que eu queria agora era poder tietar um pouquinho no show da legião , tirar uma foto e pedir um autógrafo , é , dessa vez não, deu que sabe lá em cima ?
me senti na obrigação plena de fazer esse humilde post com tanto significado , nesse momento estou ouvindo ' hoje a noite não tem luar ' e chorando porque dá uma saudade do que eu nem tive , eu ainda não consigo demonstrar meus sentimentos por aqui mas quando eu conseguir , farei algo mais digno sobre o nosso poeta .
Termino por aqui , mil beijos bloggeiros !
' Um dia pretendo , tentar descobrir porque é mais forte , quem sabe mentir ? '

sexta-feira, 26 de março de 2010

'don't carry the world ,

upon your shoulders '





Olá mais uma vez, esse post é só uma coisa que eu quis compartilhar mesmo , amo essa foto , sei lá porque mas acho um máximo , não sei se gostam , mas é só isso .
beijinhos ;

Espere sentado , ou você se cansa .


MEUS CAROS, mil desculpas por esse atraso , tô em falta , não é mesmo ? Está tenso esse negócio de escola , mas enfim , vamos ao que realmente interessa !
Não preciso explicar muito , é só analizar a foto , é um assunto bem discutido , acreditar ou não , acreditar e lutar para que se concretize ou só acreditar sentado , ser realista e não ter nenhum apego sentimental , o que é o mais correto ? Será que tem um 'mais correto' ? ou só opiniões diferentes ?
Esse post está para ser feito já há algum tempo , eu já sei a resposta mais normal , de todas as discussões ' acho que a pessoa deve ser otimista mas ao mesmo tempo realista e ir a luta porque nada vem fácil' .
Mas e se a gente tivesse que optar por uma só ? Qual seria ? juro que fico na dúvida .
Será que só acreditar adianta? Será que é só acreditar ou tem que lutar ? realmente queria que o verso do meu caro legionário Renato Russo fosse uam coisa mais habitual , quando ele dizia ' quem acredita sempre alcança' mas é claro , que ele sabia que nada vem até a gente de 'mão beijada ' , ou não rs .
Sou louca de pedra por mais uma vez mas não deixo de admitir que concordo com a música bem contra o 'popular' pegando o lado mais realista da história , ' está provado , quem espera nunca alcança ' .
E vocês , o que acham ? Esperar resolve ou viva a la revolución ? Pessimismo ? Otimismo ? Realismo ? Deixo na mão de vocês !
Ps1. As músicas citadas são, respectivamente , Mais Uma Vez - Legião Urbana, e Bom Conselho do meu sempre-amado Francisco Buarque .
mil beijos guys !


domingo, 21 de março de 2010

as estrelas te definem ?


Hi bloggers! Quanto tempo que eu não posto aqui, né ? Tá tudo bem corrido, é, life's hard.
Bom, hoje resolvi falar sobre os signos, porque é um aspecto bem marcante na minha personalidade e na minha vida também. Acho interessante como uma determinada posição das estrelas no dia e mês que você nasceu pode te descrever tanto e contar bastante sobre seu "eu", e até podem dizer seu par ideal, como vai ser sua semana, seu dia, etc. Check it out!
ARIES - doce, meigo; pessoas de aries são carinhosas mas não menos fortes por causa disso; sabem se impor quando é preciso.
TOURO - taurinos quase sempre tem uma predisposição para artes; fortes e um pouco desconfiados.
GÊMEOS - geminianos são apaixonados por sabedoria; curiosos, estão sempre em busca de mais conhecimento; quando amam são doces e sinceros, mas não perdoam traição.
CANCÊR - cancerianos são pessoas enigmáticas; gentis, mas um tanto desconfiados.
LEÃO - leoninos puxam um pouco seu representante; autoritários, líderes por natureza.
VIRGEM - pessoas de virgem são bastante sedutoras e um pouco aventureiras no sentido de não querer se prender muito a ninguém.
LIBRA - as pessoas de libra são bastante equilibradas; geralmente conseguem se erguer rápido financeiramente, pois são pessoas ponderadas quanto aos gastos.
ESCORPIÃO - ciumentas,possessivas e desconfiadas; muito dificil conquistar a confiança de pessoas deste signo.
SAGITÁRIO - confiáveis, doces e sinceros; porém de personalidade forte.
CAPRICÓRNIO - pessoas bem sociáveis, que gostam de ficar sempre rodeadas de amigos; só não precisa esperar muito quando precisar de conselhos amorosos, pois capricornianos não gostam de se envolver em questões alheias.
AQUÁRIO - aquarianos são fortes, as vezes um pouco rudes, mas de bom coração; não sabem negar ajuda quando lhe pedem.
PEIXES - Doces, muito doces; chegam até a ser melosos; mas são pessoas decididas e dificilmente voltam atrás em uma decisão.
Então, o signo de vocês é compatível com vocês mesmos ? O meu é, quem me conhece percebe muito bem isso '-' Ah, e vou aproveitar esse post pra mandar um "thanks" bem grandão pra Larissa (twitter: @lawff) que se empenhou pra caramba pra nos ajudar a divulgar o blog :)
Beijon e se cuidem meus lindos e lindas! xx

sexta-feira, 12 de março de 2010

O descartável , teoricamente comprável .

Olá crianças ! Como vão ? rs -não-
Bom , eu tive que fazer uma redação pra português esses dias , achei o assunto proposto realmente interessante e resolvi postar aqui (:




- O descartável , teoricamente comprável -

Alguém me diz o que é o amor , eu já não consigo mais entender , como é que alguém vale mais pelo que tem ? Será que esses desejos de maridos , namorados ricos , fazem parte de algum sentimento ? Pelo pouco que entendo e conheço essas relações poerís ligadas e baseadas no dinheiro são pura ambição , esse nosso desejo de querer sempre mais ( nem sempre de forma saudável ) , o mais caro e o melhor , gerados por esse capitalismo selvagem que nos rodeia .
Pode ser ingenuidade minha , ou não , mas eu acho que esses relacionamentos não vão para frente na maioria dos casos. Com o pouco de idealismo que possuo não acho que o dinheiro possa manter a relação entre duas pessoas , ou mais , não sozinho , não se ele for o que mais interessa .
Acho que o dinheiro pode aproximar e acabar com relações muito facilmente mas ele é fraco para manter . Se você não está feliz , não serão banhos de compras diários que vão melhorar a sua auto-estima , definitivamente não .
Muita gente deve sofrer com isso , não sei , entrar em depressão , traír e enlouquecer porque somos humanos e a felicidade não se compra , não é ?
Por fim acho que muita gente não percebe o quanto pode ser mais feliz e saudável morando em uma casa mais simples , com presentes mais sinceros e acompanhados do que realmente é preciso , amor , felicidade e amizade . Não há mansões no caribe que os compre.

Bom, queria saber de vocês o que acham sobre relacionamentos baseados no dinheiro , e tal , comentem bloggeiros !
mil beijos .

quinta-feira, 11 de março de 2010

"Tô nem aí pra escola!", e aí ?

Hi minhas metarfoses blogeiras! Q
Pois é, amanhã, 12 de Março, é a estréia de Remember Me e eu vou, AAH *-* Tá, estou morrendo por isso no momento e depois que eu ver o filme venho aqui falar mais dele pra vocês.

O assunto de hoje é subjetivo, mas pensei em trazer ele pra cá porque nem eu sei o que pensar sobre isso.

Enfim, na minha escola as provas começaram, muita gente se ferrou e isso não é uma novidade, porque primeiras provas né, o povo ainda está pegando o ritmo, nada mais normal do que notas na média, não é ? Porém, uma das meninas novas que entrou na minha sala é toda metida a pop, conversa a aula inteira e no primeiro dia de aula os professoras já chamaram a atenção dela quadrilhões de vezes. Daí começam as provas e toda vez que eu vejo ela passando com uma prova na mão eu vejo um D ou E zerar a prova é o mais comum e tipo tirar uma nota baixa uma vez ou outra é normal, mas em todas as primeiras provas do ano é estranho, concordam ? Sem falar que ela nem liga, continua rindo lá, falando dos garotos que ela pegou e rindo que nem a hiena do Rei Leão para os outros garotos da sala.
Hoje ela sentou do meu lado, porque chegou atrasada e era o único lugar vago e eu percebi que durante um documentário de Geografia que era pra anotar já que ia ter um trabalho sobre o mesmo, ela não anotou absolutamente nada, passou a aula inteira trocando bilhetinho que a amiga dela na mesa de trás, sem falar que das 4 aulas que tivemos, ela levou carimbo de sem dever nas 2 que as professoras tinham passado dever.
Depois de tudo isso eu me pergunto o que se passa na cabeça dessa pessoa, tipo o Ensino Médio é ano que vem, vão cobrar a matéria atual e ela está cagando e andando pra escola ? E a mãe dessa criatura, cadê ? Porque mãe se preocupa, mãe alerta o filho e quando preciso dá bronca por causa de nota, nada de anormal isso, faz parte. E fico imaginando o que essa menina imagina pro futuro dela, será que ela acha que vai ter a família pra bancar ela a vida toda ? Será que ela acha que ainda falta muito pro vestibular quando só faltam 4 anos ? Eis as questões que surgem na minha mente quando essa cidadã chega atrasada, como de costume, e passa pela porta da sala.
E aí ? O que vocês acham ? Acham que há esperança para essa mente perdida na loja da Nike ? Acham que eu estou exagerando e é só uma fase dela ? Porque as vezes muitas vezes eu dou uma exagerada.
Beijon e cuidem-se!

sábado, 6 de março de 2010

pratique o amor ,



faça xixi sentado .
Gente , não é tão idiota o quanto pode parecer , estava eu , vagabundiando pelo youtube.com e vi lá um nerd simpático , o nome do vídeo dizia : xixi sentado , violão e faroeste caboclo , senti um medo básico e fui ver , sinceramente eu me fartei de rir , sério .
Ele pega uns assuntos que a gente realmente nem repara e por mais idiota que seja , tem a sua função , é hilário !
O canal 'maspoxavida' é hiper foda e ele até que fala coisa com coisa , na verdade o pc sempre fala coisa com coisa , mas enfim , esqueçam o que eu disse .
http://www.youtube.com/user/maspoxavida#p/u/0/XIFQqcBqwbc
o link é esse acima, e vocês terão vários vídeos na lista , eu vi todos e me apaixonei velho .
Todos são ótimos mas eu sou louca pelo ' inferno , leite em pó e chat da uol ' , recomendo , eu acho um dos mais engraçados , se não for o mais engraçado .
Bom, daqui a pouco é domingo , já estou entrando em depressão.
Eu endomingo , tu endomingas , ele endominga , nós endomingamos , vós endomingais, eles endomingam .
Quem parar pra ver o vídeo vai entender , rs .
E viva ao nerdiosexualismo ! (?)
beijinhos , se gostarem deem um up aqui , galera .
se não gostarem também (:

sexta-feira, 5 de março de 2010

limitações, e pensamos o quê sobre isso ?

Oi meus lindinhos e lindinhas!
Sei que andei por fora e ausente essa semana, mas estava bastante atolada com as provas e realmente preciso ir bem esse nao. Sorry gente :/
Prosseguindo ... Outro dia estava conversando com um amigo meu sobre o texto de Português sobre heróis e ele disse: "Fiz tudo errado! Devia ter escrito sobre minha irmã!" e eu, sem entender nada, respondi: "Por que sua irmã ?" e, para minha surpresa, ele me disse com a feição mais triste que vi em sua face: "Minha irmã é usuária de cadeira de rodas". Nesse momento eu estagnei e não conseguir formular uma resposta coerente para ele. Tive vontade de dizer "sinto muito", mas aumentaria muitos mais sua dor, lembrando que a irmã dele não tem 12, 20 nem 30 anos, nem sei ao certo a idade dela, mas pelo que já vi em fotos e pelo o que eu já ouvi falar, ela deve ter no máximo 6 ou 7 anos. Me contaram que ela sofreu um acidente sério e ficou assim, paraplégica. E aí eu fiquei pensando o que deve passar na cabeça dessa criança, vendo os amiguinhos brincarem e correrem; o que deve passar na cabeça da mãe, sabendo que a filha com certeza um dia vai sofrer algum tipo de preconceito ou exclusão durante a vida; e o que deve se passar na cabeça desse menino que vê a irmã, uma criança, presa numa cadeira de rodas com pouquíssima liberdade. Imagino que deve dar uma angústia nele, porque ele pode andar, correr e chutar e não tem forma de poder fazer mágica e a irmã poder fazer o mesmo.
É claro que uma hora ou outra vão ter que aceitar as limitações dela, ou nem aceitar, apenas conviver com isso. Mas se eu fico pra baixo e angustiada com essa situação, imagina os familiares que convivem com ela ?! Sem falar que nem todos são pessoas conscientes e pensam que que apenas por uma pessoa não andar não significa que ela não tem vida, não fala, não interage e essas pessoas estúpidas não vão ter escrúpulos na hora de discriminar e criticar essa criança.
Então, acabaram minhas forças pra falar sobre isso, porque a cada linha que escrevo, a frase desse menino fica ecoando na minha cabeça e sua feição cobre meus olhos. E eu quero a opinião de vocês, pra poder me ajudar a saber o que pensar sobre isso e a não me sentir sozinha no que penso. Se expressem e comentem!
Beijon e vou tentar não sumir mais, rs :)

terça-feira, 2 de março de 2010

não vejo saída .



olá bloggeiros !
Não sei se já fiz algum post sobre o que eu tenho sentido atualmente , esses dias , mas como já falamos , o blog serve também para desabafo.
Eu mudei de colégio e achei que ia ser ótimo , super legal e que era fácil mudar assim , trocar as pessoas e os pronomes , apostando em um futuro incerto .
É , eu apostei , tentei e por fim errei . Achei que era fácil fazer amigos porque pelo que sempre soube pessoas legais e parecidas com você , pessoas com as quais você se identifique , existem em todo lugar ... Eu descobri que o 'ou não' existe como complemento pra essa frase .
É tudo tão individualista , é tão nostálgico que se alguém pegar a minha apostila de história , vão dizer que eu estou apaixonada pelo charles , porque a cada matéria , desenho do mundo , eu lembro da américa bizarra do charles , o coelhinho tarado e aquele jeito todo singular de ensinar .
Lembro das minhas pessoas, do meu povo que já não está mais comigo , eu sinto falta da união , do soninho da tarde rs , de estudar daquele jeito , eu não dei ouvidos ao que me disseram. Realmente não .
Me entreguei a razão de um colégio aparentemente melhor esperando achar tudo o que eu sempre procurei lá , a curiosidade , a esperança me levaram a expectativas totalmente fails , e agora ? eu realmente não posso voltar , vai ser um ano desse jeito e cara , que merda .
A minha questão agora é saber o PORQUÊ , dessa decisão , porque logo a errada ? Não culpo a sorte , pelo contrário , repito pra mim todas as manhãs ' otária' , você devia estar na escola as 9 da manhã , voce devia estar lá , no rainha as 9 da manhã , e quando chega a tarde , eu faço questão de me lembrar que eu poderia estar dormindo . Não vejo vantagem em estudar onde estudo , muito menos felicidade .
Eu realmente sinto falta dos meus verdadeiros amigos , e acho que a falta que eles fazem no meu dia-a-dia , essa tristeza ,me ajuda a cair do cavalo sempre que dá , estou mal na matéria , penso na vida , e não vejo saída .
Sinto falta da minha querida e amada Marinitious que não estudou comigo de manhã , na escola , mas sempre foi e sempre vai ser um ombro onde eu sei que sempre vou poder chorar , mesmo que fosse somente lá na cultura , naquele pouco tempo que a gente tinha lá , toda a afinidade do mundo se encontrava , mesmo que fosse no meio da explicação , na hora errada , sinto falta , e não é pouca .
Essas pessoas todas que eu disse aqui , não explícitamente é claro , sempre estiveram comigo e eu sei que continuam , mas não é a mesma coisa , não ter no dia-a-dia é diferente , estaria mentindo se dissesse que continua the same thing .
Enfim , a gente vai levando , de teimoso , de pirraça , vai fingindo que dá , mesmo sabendo que não. Vai se animando com as pequenas coisas , vivendo um dia de cada vez e infelizmente , cada dia mais nostálgico do que o outro .
A foto do 'THE END' é no estilo acabou-se o que era doce .
mil beijos , tchauzinho .

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Tão Deus esse TAL de Vinícius de Moraes , não é mesmo ?
Eu já estou sem criatividade galerinha , e eu achei tão legal esse trecho do poema , essa foto , que resolvi postar .
E aí , o que acham ? concordam que sofreríamos mais com a perda dos nossos amigos que nossos amores ? só basta só saber que eles existem ?
Vou te falar , eu me encaixo perfeitamente , embora realmente não declare , e não os procure sempre , rs .
bejitious .

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

voltar no tempo .

olha gente , meu filho vai ser assim q

Tô fazendo esse post , porque eu tava pensando esses dias de como eu fico esteriotipando as coisas , as pessoas , não por renda nem por cor , claro , mas por gostos e sei lá , como se eu me identificasse e queira ser assim , é complicated explicar. Mas como se a pessoa daquele jeito tivesse mais a ver comigo porque tá com a blusa do che , as vezes eu percebo sim diferença nas 'pessoas da zona sul' e eu quero morar lá , mas quando eu paro pra pensar, tô errada da cabeça aos pés .
Eu não vou dizer que o homem lindo do bloco que eu fui , diferente , eu acho em todo lugar , mas porque será que só lá tem 'essas pessoas' ?
Tá tranquilo , já tô mudando o jeito de pensar , mas ao mesmo tempo eu lembro de quando eu era pequena , realmente não dava o mínimo valor pra nada disso , agente falava a verdade sempre , éramos totalmente 'puros' , não em relação a pecado , mas em relação a mente , sem modinhas nem estilo , a gente era a gente mesmo e pronto . Não éramos cultos nem intelectuais , éramos crianças que se jogavam na lama pra ser feliz e a gente não se preocupava com o depois , não . Nem julgávamos ninguém pela sua inteligência , pra ser bem sincera , a gente nem fazia questão de pensar muito no assunto . Queria resgatar um pouquinho de cada coisa e ser um pouquinho melhor nessa vida , rs . E vocês ?

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Carnaval e Sapucaí, viva à cultura nacional!

Hello meu povo!
Agora é minha vez de dar minha opinião sobre as escolas de samba do RJ. Não vou dizer que concordo com tudo que a Luluzitious falou, porque não concordo, mas
enfim, cada cabeça uma sentença.
Achei justo a Unidos da Tijuca ter ganho, já que o enredo foi hiper criativo e a escola surpreendeu na avenida. Falando sério, quem pensaria que um dia alguém
faria um samba sobre segredos ?! A cada ala, a cada carro era uma surpresa, um 'OH!' na nossa mente.
Muitas outras foram super lindas, como a Vila Isabel que cantou Noel Rosa, o rei do samba, a Mangueira, a Portela, a Porto da Pedra, que eu acho que merecia muito
mais do que um décimo lugar mas sou suspeita pra falar, e até a Viradouro tem seu mérito, não é ?
Agora passando do auge pro cúmulo. E o prêmio de 'Vergonha na Sapucaí' vai para ... Beija-Flor! O que era aquilo minha gente ? Um falso patriotismo com direito
até a Arruda pagando 3 milhões pra falarem sobre Brasília. Achei um desrespeito com o cidadão que ganha um mísero salário mínino e ainda tem que pagar todos os
impostos absurdos cobrados pelo governo e quando chega o momento dele curtir e se divertir tem que ver uma homenagem ao estado mais corrupto do Brasil ?! Um
absurdo, só isso a declarar.
Achei os jurados muito cruéis, acho que eles não levam em conta as milhares de pessoas que trabalharam duro naquilo ali, que todo fim de semana estava na quadra
cantando e sambando até cansar. Não sei se o voto popular resolveria a parada, talvez sim talvez não, realmente não faço idéia.
Carnaval é tudo de alegria minha gente, carnaval é cultura, carnaval é arte, carnaval é Brasil! E esse ano pude perceber isso claramente. Agora gostaria de aproveitar
o post pra desabafar uma questão que está presa na minha garganta faz tempo e que a cada dia se acumula ainda mais. Esse 'recadinho' vai pra algumas ou todas
as garotas(os) que acham carnaval breguice e que veneram os EUA sem nem saber a beleza da cultura do próprio
país (prefiro não dar nome aos bois ou as vacas): vocês realmente deviam se envergonhar de acharem MPB música de velho inútil, deviam se envergonhar
de venerar Britney Spears, Lady GaGa e afins sem nem sequer ouvir uma música vinda da tua origem, porque vocês podem ser decendentes de português, alemão,
italiano e o que for, mas vocês nasceram no Brasil,
portanto sangue brasileiro corre nas tuas veias. Me indigno cada dia mais com essas pessoas que vivem em uma vidinha fechada e cercada de dinheiro e
influências em que opinião não existe, ninguém se pronuncia sobre nada e acha uma música a melhor do mundo porque passou no TVZ e um filme o melhor do mundo
porque passou na MTV, sei lá. E vocês ainda vêm rir da cara de quem se fantasia, pula ao som de marchinhas e corre atrás do trio-elétrico na Lapa, sinto informar
que quem mais curte à vida são esses que vocês consideram retardados, porque pelo menos estamos fazendo jús á nossa cultura, ao nosso samba de raiz, ao nosso
carnaval. Só espero que um dia vocês caiam na real de que a vida não é só bolsa da Dior e calça da Diesel e que seguir a opinião de quem é 'pop' não é o melhor
caminho. DESABAFEEEEIA! AAAAAH!
É isso aí, e juntem energias e criatividade porque no carnaval do ano que vem quero todo mundo pulando em frente à Fundição Progresso e passando cantando
embaixo dos Arcos da Lapa.
Beijon xx
PS: nada contra à Britney Spears, Lady GaGa e derivados, só acho que antes de amá-las deveriam pelo menos dar uma ouvida em Noel, Dorival Caymmi, Chico, etc.

vou falar o que eu penso .

PS. Logo de início digo que não tenho nada contra nenhuma escola , é impossível achar feio alguma delas, não tenho nenhuma escola também , tenho preferidas , mas o desfile , o enredo e tal é que contam , se colocassem um carro daqueles cheio de florzinhas ali eu já ia achar lindo, com uma águia gigante então .
Como no outro post eu já disse, torci pela vila e pela mangueira , mas todas encantaram de alguma forma .
Não torci pra Unidos da Tijuca nem acho que ela tenha feito o mais bonito, nem toda a escola tem aquele dinheiro pra investir em inovações , até porque aquilo dali vem da favela gente que realmente ama a escola e faz um trabalho árduo o ano todo pra 82 minutos na avenida , ou o dobro ,se ela ficar entre as 6 primeiras.
Eu queria que tivessem dado o valor merecido aos sambas culturais ,porque carnaval é cultura, e nada mais a ver com carnaval que noel rosa , sapucaí e música e mas enfim .
Eu queria também que o carnaval , os desfiles voltassem a ser como era antes, samba no pé , não dinheiro e tecnologia , pode ser super anacronico mas me desculpem , carnaval é eterno e pra mim aquela tecnologia toda não tem absolutamente nada a ver .
Cada vez mais carnaval tá virando coisa de rico, e não era assim , nunca foi e se Deus quiser vai voltar a ser como era e antes ,pode ser preconceito mas se botar um bando de rico ali eles vão é roubar dinheiro , fora que eles provavelmente não tem aquela criatividade toda . Rico que investe e dá tudo pra participar , e aí , e as tradicionais ? tomara que consigam manter, antes que vire coisa de elite , antes que perca seus valores , mas os blocos ainda existem , eles são plenos .
Outra , o júri devia ser popular , não aquele bando de cara-pálida super criteriosos , carnaval também não é isso , o povão , por incrível que pareça entende muito mais do que eles quando o assunto é festa , magia e carnaval , eles realmente gostam porque não é fácil aguentar a noite toda com gente pisando no teu pé , o júri , não , tem lugar específico no ar condicionado , eles não veem as lágrimas de um puxador ao cantar a sua escola na avenida , veem se ele cai um tom , coisa tão banal que um juri popular não pegaria , eles veriam se eles tão cantando , se o tema é legal , tem a ver , se os carros estão bonitos , se as madrinhas sambam , se o povo samba .Esse júri de hoje em dia é foda mesmo, só falando assim .
Carnaval pra mim não se mede com notas , a alegria de uma pessoa ao ver a velha guarda da portela entrar, a alegria daqueles senhores e senhoras é muito mais válida do que um carro que está um pouco torto na avenida, pra mim NUNCA , colocarão em números o sentimento que aquilo dali tem , que as pessoas da escola sentem ao entrar na avenida e mostrar o que prepararam para nós , tá perdendo o sentido a magia e alegria do carnaval , estão dando valor aos efeitos especiais que muito dinheiro pode comprar e tirando da jogada uma tão charmosa comissão de frente com malandros ao violão e esquecendo que carnaval é feito por pessoas simples, criativas e que o principal objetivo ali é ser feliz e curtir o momento , a mangueira seguiu nos conformes e a paradona da bateria foi de arrepiar , as pessoas engajadas, mostraram felicidade , mas tudo isso muda aos olhos de quem vê .
Eu termino um pouco indignada por inúmeros motivos , desculpem-me mas uma escola que recebe 3 milhões do Arruda pra falar sobre Brasília não tem como competir com uma escola como a portela , e outra, Brasília , Carnaval , não vejo ligação alguma .
E aquele 9 pra portela em ALEGORIAS E ADEREÇOS , eles não devem ter visto a águia , vendaram-se os olhos dos imbecís que acham que tem algum poder pra dar um 9 , é o trabalho de um ano a fio ali , tudo pra pouco mais de uma hora , e aí , pra mim todas recebem 10 , sem dúvidas .
Bom, o meu PARABÉNS vai desde a Unidos da Tijuca que realmente inovou , a palavra é essa , segue pela Viradouro , foi uma tristeza realmente , caiu por falta de dinheiro , isso tava na cara , e vai até a última escola do grupo de acesso , se carnaval é algo incrível pra mim que vejo na tv , imagina pra quem faz , tem que ter muito amor mesmo .
beijinhos e quem sabe no ano que vem vila ? mangueira e portela ? a gente segue aguardando o título.
PS2. Me desculpem pela zona , ainda não consigo a proeza de organizar as minhas ideias de forma , no mínimo , coerente .

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

'Pro mundo se encantar ' .

Quem sai com uma vitória bem ganhada quarta-feira ? Qual o melhor enredo ? E a melhor bateria ?
DIFÍCIL HEIN !
eu falo por mim das escolas de samba do Rio , elas vieram pra arrebentar , não consigo eleger uma, não consigo não gostar de alguma também , mas ao menos pra mim , a mangueira e a vila foram de me fazer chorar .

'Se um dia na orgia me chamassem
Com saudades perguntassem
Por onde anda Noel
Com toda minha fé responderia
Vaga na noite e no dia
Vive na terra e no céu
Seus sambas muito curti
Com a cabeça ao léu
Sua presença senti
No ar de Vila Isabel.'


Essa parte do samba de Martinho é de fazer chorar , não tem como !
Por outro lado a Mangueira com a sua enorme paradinha emocionou , sua bateria presa e censurada , os destaques da bossa nova naquele carro maravilhoso e foram , literalmente , ' caminhando e cantando ao luar , com a tropicália no olhar'. As pessoas desfilavam chorando de alegria por terem se superado , e quando os portões se fecharam , foi só festa .
Enfim, foram as que mais me emocionaram e se Deus quiser levam o carnaval esse ano !
E vocês? se sentiram tocados com alguma ? a troca de roupa sensacional da Unidos da Tijuca ? A enorme velha guarda da portela (impecável como sempre)? a bateria de garis da Grande Rio ou enorme tigre com piercing na língua da Porto da Pedra ? Enfim , digam suas preferências , façam os seus comentários .
beijinhos , até amannhã . Eu volto pra postar aqui sobre a campeã .