sexta-feira, 12 de março de 2010

O descartável , teoricamente comprável .

Olá crianças ! Como vão ? rs -não-
Bom , eu tive que fazer uma redação pra português esses dias , achei o assunto proposto realmente interessante e resolvi postar aqui (:




- O descartável , teoricamente comprável -

Alguém me diz o que é o amor , eu já não consigo mais entender , como é que alguém vale mais pelo que tem ? Será que esses desejos de maridos , namorados ricos , fazem parte de algum sentimento ? Pelo pouco que entendo e conheço essas relações poerís ligadas e baseadas no dinheiro são pura ambição , esse nosso desejo de querer sempre mais ( nem sempre de forma saudável ) , o mais caro e o melhor , gerados por esse capitalismo selvagem que nos rodeia .
Pode ser ingenuidade minha , ou não , mas eu acho que esses relacionamentos não vão para frente na maioria dos casos. Com o pouco de idealismo que possuo não acho que o dinheiro possa manter a relação entre duas pessoas , ou mais , não sozinho , não se ele for o que mais interessa .
Acho que o dinheiro pode aproximar e acabar com relações muito facilmente mas ele é fraco para manter . Se você não está feliz , não serão banhos de compras diários que vão melhorar a sua auto-estima , definitivamente não .
Muita gente deve sofrer com isso , não sei , entrar em depressão , traír e enlouquecer porque somos humanos e a felicidade não se compra , não é ?
Por fim acho que muita gente não percebe o quanto pode ser mais feliz e saudável morando em uma casa mais simples , com presentes mais sinceros e acompanhados do que realmente é preciso , amor , felicidade e amizade . Não há mansões no caribe que os compre.

Bom, queria saber de vocês o que acham sobre relacionamentos baseados no dinheiro , e tal , comentem bloggeiros !
mil beijos .

Nenhum comentário:

Postar um comentário