terça-feira, 27 de abril de 2010

again and again and again

A cada movimento um erro, se tivéssemos uma cota de erros diários, posso dizer que com certeza ultrapassaríamos a mesma. Pisamos pro outro lado, pisamos em falso, caímos; levantamos, tropeçamos na pessoa do lado, nos seguramos a ela e de repente caímos de novo. Se você está lendo isso agora e acha que por pelo menos um dia você conseguiu fazer tudo certo, seria legal você continuar lendo. Se você acha que eu estou falando grego e acha que é impossível errar tanto em apenas 24 horas, eu questiono sua sanidade (já foi comprovada a falta da minha há tempos). Errar é como ver aquela bomba de chocolate na padaria, correr para comprá-la, morder e perceber que estava estragada. A partir daí você decide, se quer continuar comendo pelo dinheiro que você gastou ou se quer jogá-la fora e comer outra coisa.
Sabe, dizem que a grande vantagem de errar e aprender com o erro e não cometê-lo mais, é cair e saber levantar. Mas daí eu fico pensando, será que no final a nossa cota de erros pode ser revertido em no mínino acerto se quer ?
xx

3 comentários:

  1. haha, enfim /
    Só a lu! sabe o quanto eurio do nada '-'
    POST PERFEITO, MINHA VIDA AÍ .-.

    ResponderExcluir
  2. esse post é da marina diva , japonês , por que você não segue logo o blog ? '-' haha , pior que ri mesmo .
    MINHA VIDA AÍ +1
    acho que foi o melhor post que você já fez aqui mm , sério , foda !

    ResponderExcluir
  3. ain, até me emocionei agora :') obrigada, lindinhos! que bom que voces se identificaram, adorei seus comentários, de verdade!

    ResponderExcluir