sexta-feira, 16 de abril de 2010

eu começo por onde a estrada vai .


Hoje acordei nostálgica , lembrando e relembrando vários momentos importantes e outros um tanto quanto inúteis para mim , busquei umas fotografias e lá fiquei , em outro mundo até que a realidade me acordasse para estudar física .
Hoje admiro a minha infância , não só a minha , como a de todos , essa minha alta crítica de tudo , essa chatice , esses vícios e essa mania insuportável de transformar tudo mais difícil eram coisas inimagináveis para mim , realmente.
Dificultar , fazer tempestade em copo d' água , aumentar os problemas , ver tudo com uma lupa , nossa , já me falaram vários nomes , para a única verdade que é , não enxergar a felicidade nas coisas mais simples , não dar valor ao que se tem enquanto é tempo , clichê isso , não ?
Pois é , o clichê vem sido a solução , a gente realmente quer sempre mais e acaba não olhando pra nossa realidade , a gente parte pra outra , outros desafios e pode ser que sim , pode ser que não , mas há uma grande probabilidade de piorar a sua vida , nessa hora , como lidar ? haha .
É isso , quando você se sente distante da SUA felicidade , acho que não só eu , como todos , percebemos que um simples pôr-do-sol, já nos enche de alegria .
Esse post pode parecer aqueles de auto-ajuda , sabe ? mas não foi a intenção , na verdade não tem um objetivo claro , eu escrevi aleatóriamente sobre um tema que me ronda já faz um tempo ; felicidade.
E é isso que a gente tem que buscar , nas trevas , se for necessário , porque se não , nada vai fazer sentido , e depois de um erro cometido , por mais saudável que seja , outros milhares virão em sequência , e aí eu já não sei se é saudável ou não .
Como já disse , a felicidade está nas coisas mais simples , hábitos sutís que quase não vemos a olho nu , e o valor só é dado quando perdido , uma simples risada de manhã , uma canção que te alegre , futilidades , besteiras , bobagens , nada como elas pra agitar um pouco mais nosso calendário , e sem elas , o que seríamos nós ?
E você , se sente uma pessoa completa ou tá sempre querendo mais , achando que podia ser melhor ?
beijosss :*

Um comentário:

  1. Concordo plenamente com você e sinto isso também, uma dificuldade de ter a felicidade dentro de si. E é aquela história que a gente estava falando ontem, quando a gente vai crescendo, as coisas vão ficando cada vez mais complexas, e uma determinada ação que a 2 anos atrás faríamos sem titubear agora tem que passar por todo um processo de reflexão e tem várias "barreiras" que te impedem de fazer as coisas, sempre tem uma questão. Como disse no filme ontem: "Descobri que não é impossível ser feliz quando crescemos, só fica mais complicado". É difícil achar beleza e felicidade na rotina atual, pelo menos pra mim. Adorei o texto Luluzitious :)

    ResponderExcluir