sábado, 24 de abril de 2010

nem sim , nem não , indecisão .


Olá !
Bom , primeiramente , tente abrir sua mente , não estou fazendo propaganda de sapato com a foto acima , risos .
Hm, você talvez pense , eu pensei que , esse post vai parecer uma continuação daquele meu último agora , em que eu falava sobre o quanto complicamos as coisas , depois de uma certa fase e de como víamos a coisa na essência quando éramos crianças , sem a menor chance de não sermos felizes .
Esse post fala sobre indecisão , seja da coisa mais simples entre salgado de queijo ou de pizza , até coisas mais 'sérias' , de maior proporção como mundanças e escolhas que tomamos na nossa vida .
Pensando na mesma linha do outro post , essa indecisão talvez venha do fato de sempre pensarmos no ' mas se eu fizer isso ...' sempre ver o lado negativo e as consequências , talvez isso seja a real maturidade , talvez não , se , de repente , nós deixássemos o inconsciente falar mais alto , longe de padrões impostos , longe de regras e poréns , acredito eu , que estaríamos mais próximos do que chamamos de 'ouvir o coração' , ou talvez não , seja só um acesso de loucura meu , nesse sábado com cara de domingo .
Pode ser que seja porque temos realmente , muitas opções , incertas , boas e ruins , a gente nunca acha 'aquela' opção , que tem tudo melhor , sempre tem pontos e contra-pontos , e a gente aprende a lidar com isso , errando , caindo e levantando , mas a raiva que dá quando escolhemos a teoricamente errada , só a gente sabe , afinal , é a sua vida, e pensar que trocamos o sim pelo não , o certo pelo incerto , é frustrante .
E vocês , por que acham que somos tão indecisos ? mil beijos .

2 comentários:

  1. acho que ser indeciso é quase sinômino de ser adolescente, sei lá, minha mãe diz que é fase, mas depende de cada um, sei lá.

    ResponderExcluir
  2. Acho que todos passamos por esse momento de indecisão, mas isso é normal, é claro que somos afetados no futuro por nossas escolhas 'hoje' mas o que é mais apropriado, na minha opinião, é reverter isso e seguir em frente.

    ResponderExcluir